Saúde na infância: cuidados com a saúde da criança

saúde na infância

Os cuidados quanto à saúde são essenciais para a qualidade de vida, bem-estar, longevidade e vitalidade. Contanto, a adesão de medidas e hábitos saudáveis deve ser uma prioridade desde a infância.

Desde a ação preventiva quanto a saúde da criança não deve se limitar aos serviços cobertos por planos odontológicos e de saúde, as boas práticas cotidianas devem ser pregadas desde os primeiros anos de vida, evitando complicações futuras.

Conheça os principais cuidados à saúde na infância.

Boa alimentação

A boa alimentação é um dos pilares da promoção de saúde e qualidade de vida. Logo, a boa seleção de alimentos e os cuidados quanto a uma dieta nutritiva e balanceada também deve estar presente no dia-a-dia da criança.

Substituir alimentos industrializados e com alto teor de gordura e com grande quantidade de açúcar por alimentos naturais e fontes ricas de nutrientes e vitaminas é a base de uma alimentação assertiva.

É por meio da boa alimentação que a criança poderá brincar com o organismo em bom funcionamento e com uma boa taxa energética.

Boa hidratação

A água é um recurso vital ao nosso corpo e o permite que funcione adequadamente, fazendo parte de 70% de sua composição.

Juntamente com a dieta saudável, a ingestão de água deve ser controlada e estabelecida de acordo com a necessidade do organismo da criança.

O consumo de água ideal para uma criança de 4 a 8 anos, por exemplo, geralmente é de 1,7 litros por dia, sendo assim, deve ser indicado pelo pediatra.

Prática de exercícios físicos

Assim como a alimentação e a hidratação determinam em que condições está o organismo, assim também é para a prática de exercícios físicos. A prática regular de exercícios físicos traz uma série de benefícios à saúde física e mental, e deve ser incentivada na infância.

Mesmo que a brincadeira possa reivindicar certa movimentação e gasto de energia, a prática de algum esporte é a principal fonte dos benefícios. Além do relaxamento, do fortalecimento dos ossos e músculos, a prática de atividade esportiva, principalmente na infância, favorece a sociabilidade e ajuda que a criança se relacione melhor.

Dentre outros valores que podem ser adquiridos pela prática de esporte estão o respeito às autoridades e as diferenças. O trabalho em equipe é um dos principais aprendizados do esporte.

Higiene bucal

Os cuidados com a higiene bucal também estão entre as boas práticas. A higiene bucal deve ser precisa e completa, contendo os seus três passos: a escovação, a passagem do fio dental e o uso do enxaguante bucal.

A escovação deve ser feita com um creme dental com flúor e acompanhada pela passagem do fio dental entre refeições. O uso do enxaguante bucal, por sua vez, deve ser diário, podendo ser logo após acordar ou ao se deitar.

Os cuidados com a saúde bucal, sendo uma prioridade desde cedo, previne complicações não só na arcada dentária, mas na saúde geral.

Visitas regulares ao pediatra

A consulta regular ao pediatra é uma das medidas que compõem a ação preventiva na infância. A visita ao pediatra é capaz de identificar um dano à saúde da criança em sua fase inicial e até mesmo identificar algum risco e preveni-lo e tratá-lo com antecedência.

Tendo em vista que o organismo da criança, assim como o dos idosos, possui ainda mais limitações e fragilidades, os cuidados à saúde geral são fundamentais para que tenham um desenvolvimento saudável.

Além do pediatra, profissionais como o dentista e o psicólogo também devem estar presentes na infância.

Vacinação

A vacinação também é uma vertente importante da ação preventiva, devendo ser uma das atenções. Seguir o calendário vacinal é uma maneira efetiva de evitar com que o bebê ou a criança contraia algum tipo de doença no futuro.

Estar atendo a esse calendário permite que as vacinas sejam recebidas na ordem adequada e que o hábito continue. As principais vacinas são oferecidas de forma gratuita pelo SUS, outras deve ser efetuada a compra caso recomendadas pelo pediatra.

Seja exemplo

É importante que para que os cuidados e medidas necessárias à vida saudável sejam mantidos no decorrer da vida, a criança tenha um exemplo, uma pessoa no qual espelhar. As crianças possuem a tendência de imitar as pessoas mais velhas.

Logo, se você quer que ela aprenda e leve seus ensinamentos com ela, seja exemplo. Além dos bons hábitos impactarem a saúde da criança de forma positiva, estarão impactando a sua com ainda mais intensidade e vantagem.

Recommended Posts