O talento da nossa comunidade – CCA Santa Amélia

Olá pessoal do Geral na Saúde, somos o CCA Santa Amélia e vamos contar um pouco sobre uma atividade bem bacana que realizamos em junho.

Nesta atividade as crianças/adolescentes do CCA Santa Amélia refletiram sobre o que é SER e TER um TALENTO, de forma que todos pudessem dar suas opiniões através de rodas de conversas.

Promovemos, inicialmente, um “caça talentos” interno, de modo que cada criança/adolescente trouxesse seus talentos para serem apresentados aos colegas, escolhendo, então, aqueles que se destacaram para se apresentarem em um “show de talentos” interno. Apontamos as qualidades, pontos positivos e negativos, destacando a importância de valorizarmos a comunidade onde habitamos e entendendo as possibilidades de cada um. Desta forma, houve um melhor entendimento sobre o que é ser e ter um talento. Feito isso, a atividade “talento de nossa comunidade” passou a ser melhor entendida pelos jovens.

Os jovens se motivaram e se propuseram a procurar um talento na comunidade. Cada um promoveu uma pequena pesquisa com a família, podendo descobrir possíveis talentos indicados por seus familiares. Assim, cada jovem trouxe um talento, e dentre todos, escolhemos através de demonstração de trabalhos e votação o talento da nossa comunidade.

O talento escolhido foi o desenhista Wagner, de 36 anos, morador do bairro Jardim Apurá – São Paulo/SP. Ele foi escolhido pelas crianças como talento por fazer personalização de muros no bairro, trazendo arte para nossa comunidade, mudando a visão de uma área pouco favorecida, podendo assim atrair os olhares de um povo que só trabalha em prol de dias melhores e esquecendo por alguns instantes de sua realidade ao apreciar obras que enfeitam suas ruas.

Convidamos Wagner para uma roda de conversa com os jovens do CCA Santa Amélia e ele prontamente aceitou. Realizamos um bate-papo em que os usuários se organizaram para entrevistá-lo e cada um trouxe uma pergunta.

Wagner começou a desenhar ainda quando criança, vendo seu pai, que também fazia desenhos. Ele ficou encantando ao ver aqueles desenhos muito bonitos e cheios de detalhes, percebendo isso, ele pensou que já que o pai conseguia desenhar daquela forma, ele também tinha condições de fazer o mesmo. Desde então, passou a se dedicar e aos poucos foi se especializando. Embora não tenha uma faculdade (ainda) de sua especialidade, ele fez vários cursos profissionalizantes para aprimorar suas habilidades. Wagner também trabalhou em vários lugares e empresas com a função de desenhista, atualmente, trabalha com personalização.

Neste bate-papo ele nos falou um pouco sobre sua história, suas conquistas e perdas, sua luta pela valorização profissional, enfim, suas experiências de vida, deixando também um incentivo para cada uma das crianças/adolescentes.

Desta forma, os jovens puderam conhecer mais um pouco sobre o talento que escolheram, alguém que pertence a nossa “área”, sendo ele uma pessoa lutadora, esforçada e com uma visão ampla do futuro e esperança de dias melhores para nossa comunidade.

Abaixo, algumas obras desenhadas pelo talento de nossa comunidade.

FOTO 1

FOTO 2

FOTO 3

FOTO 4

Ao Wagner, fica nossa admiração e agradecimento!!! 😉

Esperamos que tenham gostado 🙂

Até mais pessoal!

 

4 comentários