Redescobrindo nosso bairro: “Chorando o leite derramado”

Em março os jovens do C.C.A Seara Bendita percorreram as ruas  do bairro Americanópolis com olhar crítico e curioso. Vamos conferir algumas impressões do que eles encontraram por lá!

Durante o passeio pelo nosso bairro, vimos que a prefeitura deixou de lado algumas de suas obrigações, como por exemplo a retirada dos lixos nas ruas, o esgoto a céu aberto, havia também muito entulho, mato e água parada. No entanto, haviam algumas exceções, como a área de lazer na rua, o comércio para a população, onde foi instalado um “Bom Prato”, restaurante com preço acessível para aqueles que tem baixa renda, que contribuiu para todos e não somente aqueles com uma renda mais baixa.

Nesses últimos dias, vi vários caminhões retirando lixos e entulhos das ruas. Isso é bom, pois havia um carro queimado, onde provavelmente havia água parada, que contribuí na proliferação do mosquito transmissor da dengue. Esta doença pode, em um ponto extremo, levar à morte de um ente querido. Vale lembrar que isso não é só culpa do governo, mas também da população!

 

Ataide Carneiro da Silva, 13 anos

Turma 2

Educadora: Julia

DSC06967

DSC07042

Olha a Dengue!!! Vamos cuidar do nosso bairro.
Olha a Dengue!!!
Vamos cuidar do nosso bairro.

Chorar sobre o leite derramado é o que se tem para o nosso bairro, como o córrego. Poderia ser um riacho para lazer, como pesca, mas os lixos jogados na rua entopem os bueiros. Esses lugares poderiam ser uma área de lazer.

Nosso bairro tem muitos entulhos de lixo, muitos buracos e muita violência. A população gasta mais água do que deveria, porque a água agora é como ouro para algumas pessoas, ela está acabando.

 

Gustavo da silva Gomes, 12 anos.