Minhas tatuagens

O Luiz Felipe Alcantara, usuário do CJ Castelinho, tem várias tatuagens e contou pra gente um pouquinho.

Quando eu fiz minha primeira tatuagem eu tomei muitas precauções em relação ao tatuador. Fui ver se era um bom profissional, se fazia tudo certinho.

Depois que eu fiz a tatuagem, cuidei dela o máximo possível. Sempre passava a pomada que ele me recomendou e o processo de cicatrização foi bem rápido.

A tatuagem ficou boa e isso me fez confiar no profissional, porque eu vi que ele usava boas tintas, a tatuagem não me deu alergia e nem inflamou por isso eu voltei para fazer mais com ele mesmo.

 

Quer fazer uma tatuagem? Sabe como funciona? Se liga aqui que a gente vai te explicar direitinho.

tatuagem é o resultado de um depósito de pigmentos coloridos (ou não) insolúveis na pele. Esses pigmentos formam um desenho e permanecem definitivamente na camada sub-cutânea.

Hoje em dia, a técnica mais comum introduz esses pigmentos com o uso de agulhas especiais na segunda camada do tecido epitelial (pele), na região da derme. Mas há outras técnicas utilizadas, como a sumi, que usa o bambu em lugar de agulhas.

Como a tatuagem fica na pele pra sempre?

Cada picada da agulha é uma ferida, à qual o corpo reage iniciando um processo inflamatório. Isso significa que o corpo vai enviar células do sistema imune para o local da ferida, e células especiais chamadas macrófagos vão ‘comer’ a tinta pra tentar limpar a inflamação causada por ela. O que sobrar acaba absorvido por células chamadas fibroblastos, que ficam na pele para sempre.

Se você precisar remover a tattoo com um laser, os raios vão romper os fibroblastos em pedaços menores, que então serão reabsorvidos pelo seu corpo, apagando o desenho. Mas o processo fica mais difícil dependendo da cor da tatuagem – tinta preta é a mais fácil de ser removida, por exemplo.

 

Quais os cuidados que tenho que ter  antes de fazer a minha tattoo?

Antes de fazer a sua tattoo, fique de olho no lugar de atendimento, se é limpo, se o tatuador usa luvas. A agulha deve ser descartada e aberta na sua frente.

A pele também tem que estar saudável,  sem lesões aparentes ou escondidas.

É importante saber também se você não tem queloide, porque quem possui um histórico familiar ou pessoal de queloide, pode correr o risco de desenvolver a cicatriz após fazer a tatuagem. Por isso, o mais indicado é que a pessoa não tatue, para evitar as lesões.

Além do queloide que ocorre devido a uma alteração no processo de cicatrização, existe também a do tipo alergênica, causada por uma reação alérgica da tinta da tatuagem. Para saber se você tem esse quadro, converse com seu tatuador e faça o teste do toque – uma pequena aplicação da tinta na pele – e fique atenta se haverá alguma reação, como inchaço, coceira e vermelhidão. Se ocorrer esses sintomas, o recomendado é não fazer a tattoo.

Já fiz minha tattoo, e agora?

Logo após a sessão

Depois de encarar algumas horas de dor iniciam-se os cuidados com os ferimentos (sim, sua tattoo não deixa de ser uma lesão).

O processo de cicatrização pode variar bastante, até porque que cada pessoa se alimenta de um jeito, têm tons diferentes de pele e isso influencia na cicatrização.

Tatuagem pronta, é quase padrão que seja feita uma bandagem (usando o famoso papel-filme) com uma camada de pomada cicatrizante.

Mas, fica ligado! A pele precisa respirar no primeiro dia.

  • Depois de 2h, o ideal é lavar com sabonete antisséptico líquido, para evitar outras sujeiras do ambiente, peça pro seu tatuador te indicar algum bom.
  • Ensaboe a mão e passe a espuma suavemente sobre a tatuagem.
  • Pegue um papel toalha, mas não esfregue: apenas prense o local, mesmo que ele não fique totalmente seco. Isso evita irritações, lembre-se, a tatuagem é um machucado.
  • Depois de secar, passe a pomada novamente, mas sem exagero. Espalhe bem.
  • Cubra com um novo plástico por mais um dia, principalmente para evitar sujar os lençóis com a tinta que continua a sair do desenho nas primeiras horas.
  • Evite excessos. Comidas muito gordurosas, frutos do mar (que podem gerar alergia) e muita bebedeira podem atrapalhar.

Já no segundo dia, é normal que o local desenhado esteja um pouco inchado.

Para diminuir o calombo, remova o plástico a partir do terceiro dia — use apenas caso a tinta continue marcando suas roupas.

Durante os banhos, repita o processo de lavar com sabonete antisséptico líquido, sem movimentos bruscos.

Na primeira semana

Além dos cuidados com o sabonete antisséptico, lembre-se de sempre passar uma pomada para hidratar e proteger sua tatuagem.

Aqui vão algumas opções, mas lembre-se de conversar com seu tatuador e dermatologista: Cicaplast, Bepantol e Nebacetin.

Lembre-se, tatuagem é pra sempre. Pense muito bem antes de fazê-la, hidrate sua pele e passe protetor solar sempre que for ao sol.