IX Conferência Lúdida Regional dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes de São Paulo – Cidade Ademar e Pedreira.

A equipe do Geral na Saúde acompanhou a IX Conferência Lúdica da Criança e do Adolescente da cidade Ademar e Pedreira, que foi realizada ontem, dia 21 de agosto, no CEU Alvarenga.

 

Estavam presentes aproximadamente duzentos jovens para discutir e pensar em alternativas e propostas para melhoria em aspectos sociais e humanos da vida da Criança e do Adolescente.

Foram organizados cinco eixos temáticos, cujos temas haviam sido pré-estabelecidos.

 

Eixo 1. Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social.

Eixo 2. Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes.

Eixo 3. Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes.

Eixo 4 . Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes.

Eixo 5. Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes.

 

Muitos assuntos foram abordados pelos jovens dos diferentes grupos, tendo sempre em vista os direitos de jovens e crianças.

De cada eixo foi eleito um delegado titular e outro suplente, responsáveis por levar os frutos das discussões e propostas ao Fórum Municipal.

 

Houve uma apresentação da dança circular, mais conhecida com dança da Saia.

Apresentação da Dança da Saia pelo CCA Seara Bendita.

 

Propostas apresentadas pelos Adolescentes e Crianças

Eixo 1 – Garantia dos Direitos e Políticas Públicas Integradas e de Inclusão Social.

Proposta 1:

Incentivo e conscientização de cultura e lazer melhorando os locais existentes e ampliando os mesmos com fiscalização (arte, musica, esporte, parques, áreas verdes, bibliotecas e pistas de Skate)

Proposta  2:

Investimento no transporte público e nas vias de acesso visando a acessibilidade, passagem, manutenção, segurança e cuidados sem prejudicar a população.

 

Eixo 2 – Prevenção e Enfrentamento da Violência Contra Crianças e Adolescentes.

Proposta 1:

Tratamento psicólogicos dentro de todas as escolas e CCAs.

Proposta 2:

Propor atividades nas escolas e CCAs que abordem o racismo e preconceito em geral uma vez por semana.

 

Eixo 3 – Orçamento e Financiamento das Políticas para Crianças e Adolescentes.

Proposta 1:

Desenvolver programas de fiscalização da verba destinada a crianças e adolescentes.

Propostas 2:

Dedicar maior parte do orçamento à higiene e à saúde nos lugares públicos, principalmente nas escolas.

 

Eixo 4 – Participação, Comunicação Social e Protagonismo de Crianças e Adolescentes.

Proposta 1:

Escute o que eu tenho a dizer / Palestras /Saraus.

Proposta 2:

 Aplicativo do ECA/ Jogo contra o Bullying/ Fórum e disque denúncia.

 

Eixo 5 Espaços de Gestão e Controle Social das Políticas Públicas de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes.

Proposta 1:

Promover reuniões quinzenais entre os representantes escolares, crianças e adolescentes eleitos pelos alunos e a direção escolar. Tem por objetivo reivindicar direitos.

Proposta 2:

Implementar mais dois conselhos tutelares no território para atender mais crianças e adolescentes da região.

 

Espaços como o que acompanhamos ontem representam uma ótima oportunidade para os jovens entenderem melhor os seus direitos e deveres dentro da sociedade, para que discutam suas frustrações e busquem encarar os desafios em comum juntos. Portanto, dar voz aos jovens também é questão de saúde. Sendo assim, nós do Geral na Saúde somos totalmente favoráveis a espaços com esse intuito.