História da minha avó

Há um tempo atrás, minha vó andava muito cansada, desanimada, não comia, só dormia. Durante mais ou menos seis meses, levamos ela em tudo quanto é medico, fomos a postos de saúde, hospitais, mas ninguém sabia o que ela tinha, até que um a diagnosticou com câncer de intestino. Pois é, a casa caiu, minha vó estava com câncer.

Logo depois do diagnóstico do médico, começou a quimioterapia, a partir daí ela só fazia dormir ou ficar deitada na cama o dia todo, mal comia, emagreceu uns 20 quilos. Confesso que tive medo dela morrer.

Eu ficava pensando comigo mesmo todos os dias “porque minha vó é tão teimosa? Se ela se tratasse direito teria descoberto o câncer logo no início e não estaria desse jeito”.

Depois de um tempo de tratamento, o médico decidiu fazer uma operação para retirar a parte afetada do intestino. A operação foi um sucesso, minha vó foi curada.

Foi um processo muito difícil, mas ela está curada e vivinha da silva.

Apesar de curada podia ter sido muito mais fácil se ela fizesse exames periódicos e cuidasse da alimentação.

Saiba mais:

Câncer de intestino (Folheto do INCA)

Prevenção do câncer de intestino (INCA)