Estou com medo do ebola!

A equipe do Geral na Saúde tem recebido perguntas sobre o vírus Ebola de jovens preocupados com o que ouvem no noticiário. Para nos informarmos e entendermos melhor o que está acontecendo, reunimos informações para nossa rede!

O que é mesmo o ebola?

O ebola é uma febre na qual a pessoa sangra – e por isso dizemos que é uma febre “hemorrágica”. Essa doença é causada por um vírus que foi identificado pela primeira vez no rio Ebola, na República Democrática do Congo, em 1976. A febre atinge tanto seres humanos quanto primatas, como gorilas, chimpanzés e outros tipos de macacos. Esse vírus existe naturalmente em animais nessa região da África, e de vez em quando uma pessoa se contamina e acaba passando para outras pessoas.

O ebola já está no Brasil?

Ainda não, e as autoridades do mundo inteiro estão trabalhando para não deixar o vírus circular fora dos países onde já está. Apareceu no Brasil um primeiro caso que parecia ser ebola, a pessoa foi isolada e foram feitos exames, e as equipes de saúde já concluíram que não era ebola (saiba mais clicando aqui). Só há suspeita de ebola quando a pessoa esteve em contato com alguém que teve ebola, ou seja, se esteve no oeste da África há poucas semanas.

Como se pega o ebola?

A pessoa que pega o vírus só o transmite quando já desenvolveu a doença e está tendo sintomas como febre, sangramentos, dores e diarreia. Nessa fase, outras pessoas podem pegar a doença se entrarem em contato com sangue ou outros fluidos corporais ou secreções (fezes, urina, saliva, sêmen). Por isso é muito importante haver proteção para todos que cuidam da pessoa doente.

A pessoa pode levar até 21 dias para ficar doente depois que entrou em contato com o vírus, por isso, pessoas que cuidaram ou estiveram com doentes de ebola precisam ser acompanhados para ver se não pegaram a doença também.

Por que o ebola está aparecendo nos jornais?

O que está acontecendo agora é o que chamamos um “surto” da doença, isto é, muitas pessoas estão contraindo o vírus e a doença está se espalhando rapidamente. O ebola está aparecendo nos jornais porque em alguns países do oeste da África – Guiné, Libéria, Serra Leoa, Nigéria e Senegal – há muitas pessoas morrendo dessa doença.

Existe uma grande preocupação internacional, porque esses países precisam de ajuda financeira e de equipamentos para conter a doença, e porque os serviços de saúde precisam estar prontos em todos os lugares onde chegam pessoas que passaram por estes países durante o surto da doença. Como hoje em dia muitas pessoas viajam de avião pelo mundo, toda a comunidade internacional está atenta.

Por que está acontecendo o surto de Ebola?

O vírus está se espalhando de modo rápido nesses lugares por várias razões.

A primeira é que, no início, as pessoas que ficavam doentes não iam logo buscar atendimento. Algumas delas morreram em suas próprias casas, e outras chegaram em estágio avançado da doença no serviço de saúde e morriam.

Em alguns casos, as famílias de pessoas que pegaram Ebola acabaram pegando a doença quando estavam limpando o ambiente, panos etc., ou nos funerais, limpando o corpo, ou tocando-o durante o velório e a cremação.

Outras pessoas que ficaram doentes foram os próprios profissionais de saúde, que se contaminaram durante o atendimento ou então manuseando dejetos e limpando os lugares onde o atendimento acontecia.

Por isso, as razões mais importantes para esse surto foram:

1) num primeiro momento, a desinformação das pessoas, que não entendiam que tinham que procurar atendimento assim que tivessem sintomas;

2) num segundo momento, com muitas pessoas para atender, a pouca capacidade de atendimento dos serviços de saúde nesses países, inclusive o fato de os profissionais de saúde terem poucos equipamentos para se protegerem da doença.

O que o governo do Brasil está fazendo?

O governo do Brasil deve enviar um auxílio financeiro para ajudar no combate à doença na África e talvez envie também profissionais de saúde para ajudar. Além disso, equipes de saúde estão fazendo simulações para estarem prontas no caso de alguém entrar no Brasil com o vírus (veja aqui). Profissionais de todo o Brasil, e do Ministério da Saúde, estão se preparando para identificar casos em pessoas que chegaram e também para preparar a rede pública de atendimento.

Por isso, não precisa se preocupar muito com o ebola! Vamos acompanhando as informações e continuar cuidando de nossa saúde 😉

Saiba mais:

Ebola (Portal da Saúde)

Como é feita a detecção dos casos de ebola (Portal da Saúde)

É possível termos casos de ebola no Brasil? (Portal da Saúde)