Como evitar acidentes domésticos com as crianças

miudinhos 3Quando os bebês ainda estão bem pequenininhos e dorminhocos, chegamos a nos esquecer do quanto crescem rápido. A partir de um ano de idade, esse crescimento acontece de maneira ainda mais acelerada. Sem contar que neste momento, o bebê não está somente crescendo, mas aprendendo a engatinhar, andar e descobrir o mundo – e é nessa fase que devemos tomar bastante cuidado com eles.

Cerca de 40% dos acidentes com morte são com crianças. De acordo com um estudo feito pela ONG Criança Segura, com base nos dados do IBGE e Ministério da Saúde, cerca de 6 mil crianças morrem vítimas de acidentes e 140 mil são hospitalizadas no Brasil por ano.

Os acidentes mais frequentes são: quedas, queimaduras, intoxicações, afogamentos, estrangulamentos e sufocações.

A boa notícia é que 95% dos casos de acidentes domésticos podem ser evitados.

O site da Sociedade Brasileira de Pediatria dá dicas sobre como evitar acidentes domésticos para cada faixa etária:

SBP Imagem.png

Veja mais neste guia da Sociedade Brasileira de Pediatria.