A Rafa está com pneumonia

 

A Rafa está tossindo há mais de uma semana. Eu estava amamentando e tomando muito cuidado com a friagem, mas no sábado ela teve febre, dei um remédio e ela melhorou. No domingo foi a mesma coisa. Na segunda ela voltou a ter febre, dei remédio novamente, e a levei para a creche, pois eu precisava trabalhar, mas a febre não passava. A creche ligou pedindo que eu fosse buscá-la.

Decidi trazê-la aqui para o Hospital do Grajaú, pediram um exame de urina, mas ela estava com diarreia e não conseguimos colher. Fomos embora, mas voltamos para o hospital no dia seguinte. Tinham vários residentes no hospital, eles pediram os exames, mas não deu nada, então me pediram para medicá-la em casa.

No dia seguinte ela piorou muito, não estava respirando direito. Minha mãe estava cuidando dela e a levou ao posto. Lá eles diagnosticaram que a Rafa estava com pneumonia e pediram para trazê-la para o Hospital do Grajaú. Ela estava mal, com 40°C de febre, enrolaram em várias toalhas por causa da febre. Ela ficava brava, arrancando a máscara de oxigênio.

Aos poucos ela foi melhorando. Sexta foi para a observação sem medicação. Ela está toda furada e roxa, pois já não tinham onde colocar acesso, então pensaram em furar seu pescoço, mas esperaram a troca de plantão e durante este período ela piorou muito. Eu continuei amamentando para ela ficar hidratada. Finalmente acabaram furando o pescoço para colocar o acesso, mas de manhã ela já tinha sido perdido de novo. Decidiram dar uma injeção, agora ela está melhorando.

Para mim tem sido muito difícil. Na primeira noite que fiquei aqui eu acabei ficando doente.  Além disso, como eu não conseguia amamentar minha filha direito, fiquei com o peito cheio de leite, tive febre. Comprei um bombinha para tirar o leite em casa, embaixo do chuveiro, só que meu peito já não está enchendo mais. Eu não quero isso, não tenho a intenção de parar de amamentar a Rafa agora.

Eu, com certeza, vou perder o meu emprego, porque comecei a trabalhar recentemente e ela já ficou internada. Estamos na correria para ver o que vamos fazer.

É a primeira vez que eu passo por isso. Agora estou mais tranquila, porque coloquei nas mãos de Deus!

A médica foi falar comigo e parece que ela ainda vai ficar aqui mais alguns dias, pois a saturação ainda está muito baixa.

Depoimento de Raquel Rosa da Silva, mãe da Rafaela.

 

A pneumonia é uma inflamação do pulmão causada, na maioria das vezes, por vírus e bactérias. Ela também pode ser provocada por causas desconhecidas, por inalação de agentes nocivos, ou até mesmo como reação a um outro medicamento. Ela é bastante comum em crianças, devido ao fato do sistema imunológico ainda estar em formação. Por isso é preciso estar atento aos sintomas e levá-las ao médico assim que perceber-se os primeiros sinais, a fim de tentar evitar maiores complicações, como aconteceu com a Rafaela e sua mãe Raquel.

Como a gripe é uma das causas da pneumonia, vacinar crianças e idosos é uma das melhores formas de prevenção.

Saiba mais sobre pneumonia nas Dicas de Saúde da Biblioteca Virtual de Saúde do Ministério da Saúde.

Leia também, aqui, o texto do Portal Brasil sobre este tema.