A pneumonia da Nathaly

A Nathaly estava com nariz entupido, e de uns tempos para cá, com tosse e um pouco de catarro, também. Como tínhamos consulta, fomos ao pediatra no posto de saúde. A pediatra disse que ela tinha grande chance de ter bronquite asmática como o pai. Ela receitou alguns medicamentos, mas não houve melhoras.

Viemos para o Hospital Geral do Grajaú dia 1o de julho. Fizeram inalação e pediram um raio-x de seu pulmão. O diagnóstico foi pneumonia no pulmão direito. A Nathaly é bastante saudável, se alimenta apenas de leite materno e ficará bem logo!

 

A pneumonia é uma reação inflamatória que agride os pulmões, ou no caso da Nathaly, apenas no direito. Em geral, a pneumonia é provocada pela penetração de um agente infeccioso ou irritante, como bactérias, vírus, fungos e por reações alérgicas, no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa. Esse local deve estar sempre muito limpo, livre de substâncias que possam impedir o contato do ar com o sangue.
Os agentes infecciosos da pneumonia não costumam ser transmitidos facilmente, ao contrário do vírus da gripe, que é altamente infectante.

Dentre os sintomas manifestados temos: febre alta, tosse, dor no tórax, falta de ar, confusão mental, mal estar generalizado, secreção de muco purulento de cor amarelada ou esverdeada, fraqueza, entre outros. O diagnóstico é feito através de radiografias do tórax, exame clínico e auscultação do pulmão (escutar).

O tratamento é feito com antibióticos prescritos por um profissional da saúde. Em alguns casos é necessário fazer uma internação hospitalar, quando a pessoa é idosa, bebê, ou quando apresenta alterações clínicas decorrentes da própria pneumonia.

Para saber mais sobre pneumonia acesse esta Dica em Saúde, da Biblioteca Virtual em Saúde, do Ministério da Saúde.

Acesse também o conteúdo produzido pela Agência Fiocruz, Pneumonia .

E leia aqui outros textos aqui no Geral sobre este tema.