Mulheres são melhores em “ler mentes” do que homens

Pesquisadores da Universidade de Bath, Cardiff e Londres desenvolveram um “questionário de leitura da mente” a fim de avaliar o quão bem as pessoas entendem o que as outras estão pensando.

De acordo com os resultados do estudo, publicados na revista Psychological Assessment, mulheres são muito melhores do que homens na hora de se colocar no lugar do outro e entender seus pensamentos.

Por mais que o termo “ler mentes” pareça algo extraordinário e impossível, para a ciência nada mais é do que captar pistas comportamentais sutis que podem indicar que alguma pessoa está pensando algo que não está dizendo.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Os pesquisadores afirmam que todos têm habilidades diferentes de leitura de mentes, uns são apenas melhores do que outros. O teste mede essa capacidade por meio de um questionário com quatro partes, com o resultado indo de quatro até 16 (quatro indicando pouca habilidade e 16 muita).

Após aplicar o teste em homens e mulheres, a conclusão foi: mulheres atingiram melhores pontuações do que homens, provando que são melhores em leitura de mentes.

O método

O método usado pelos pesquisadores faz uso de apenas quatro questões para avaliar os indivíduos. São elas:

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

  • Acho fácil me colocar no lugar de outra pessoa
  • Às vezes acho difícil ver as coisas do ponto de vista de outras pessoas
  • Às vezes tento entender melhor meus amigos, imaginando como as coisas parecem a partir de suas perspectivas
  • Geralmente consigo entender o ponto de vista de outra pessoa, mesmo que seja diferente do meu

Para cada uma das questões o indivíduo tem que marcar a opção que mais mede sua relação com as situações: discordo totalmente, discordo parcialmente, concordo parcialmente e concordo totalmente.

“Todos nós, sem dúvida, tivemos experiências em que sentimos que não nos conectamos com outras pessoas com quem estamos falando, e percebemos que elas não nos entenderam ou que as coisas que dissemos foram interpretadas de maneira errada. Muito de como nos comunicamos depende de nossa compreensão do que os outros estão pensando, mas este é um processo surpreendentemente complexo que nem todos podem fazer”, explica o Dr. Punit Shah, principal especialista em processamento cognitivo social do Departamento de Psicologia da Universidade de Bath.

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Segundo ele, “para entender esse processo psicológico, precisávamos separar a leitura da mente da empatia. Leitura da mente se refere a entender o que as outras pessoas estão pensando, enquanto a empatia tem tudo a ver com entender o que os outros estão sentindo. A diferença pode parecer sutil, mas é extremamente importante e envolve redes cerebrais muito diferentes. Ao nos concentrarmos cuidadosamente na medição da leitura da mente, sem confundir com empatia, estamos confiantes de que acabamos de medir a leitura da mente. E, ao fazer isso, descobrimos consistentemente que as mulheres relataram maiores habilidades de leitura da mente do que os homens.

A principal pesquisadora, Rachel Clutterbuck, enfatizou a importância clínica dos questionários: “este novo teste, que leva menos de um minuto para ser concluído, tem uma utilidade importante em ambientes clínicos. Nem sempre é óbvio se alguém está tendo dificuldades para entender e responder aos outros – e muitas pessoas aprenderam técnicas que podem reduzir o aparecimento de dificuldades sociais, mesmo que estas permaneçam.”

Ela continua dizendo: “Este trabalho tem um grande potencial para entender melhor a experiência vivida por pessoas com dificuldades de leitura de mentes, como as pessoas com autismo, enquanto produz uma pontuação quantitativa precisa que pode ser usada por médicos para identificar indivíduos que podem se beneficiar de intervenções.”

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE 😉

Shah acrescentou: “Esta pesquisa tem como objetivo entender mais sobre nossas habilidades de leitura de mentes e fornecer soluções para aqueles que podem ter dificuldades, especialmente a comunidade autista. Criamos um questionário disponível gratuitamente que esperamos poder ajudar a identificar pessoas que estão passando por dificuldades mentais relevantes para situações sociais.”

Fonte minhavida.com.br

Recommended Posts