Uma mulher guerreira!!!

Eu estou preocupada com a saúde da minha mãe! Há mais ou menos 3 anos ela descobriu que tem diabetes e há 5 meses descobriu que também está com pressão alta. Ela não pode ficar nervosa que a pressão sobe e passa mal. Por isso, eu tento, o máximo possível, não fazer nada que faça sua pressão aumentar.

Ela já foi ao médico e ele disse que ela deveria fazer um regime. Ela está tentando, mas a tentação é grande. Muitas vezes ela acaba não conseguindo seguir a dieta e passa muito mal. Eu também estou tentando ajudá-la com isso. A médica me disse que, caso eu não cuide da minha saúde, posso ter o mesmo que minha mãe, por isso estou fazendo o que posso para não desenvolver diabetes e ter pressão alta. Eu me preocupo muito e quero poder ajudá-la!

Recentemente minha mãe também precisou fazer uma cirurgia para tirar dois miomas (tumores benignos na região do útero). Foi necessário ficar 3 dias internada, meu pai e eu fomos visitá-la todos os dias no hospital. Eu fiquei muito assustada com o que poderia acontecer com ela dentro da sala de cirurgia. Como ela só voltou para o quarto no final da tarde, a gente só pode ficar pouco tempo com ela. Eu fiquei emocionada quando ela entrou no quarto. Assim que chegou ainda estava sob efeito da anestesia e sentido muitas dores, não conseguia falar com ninguém (devido também ao seu problema de audição), eu conversava, mas ela não me escutava. No dia seguinte fui ao hospital e ela já estava normal e bem melhor!!

Para mim ela é uma guerreira, porque apesar dos problemas ela é uma ótima mãe pra mim e eu a amo demais!!!!

mae e filha Mike Michael L. Baird

 

 

A Lidian nos contou a história de sua mãe, que, recentemente, descobriu que desenvolveu diabetes.

Diabetes Mellitus, ou somente diabetes, como é popularmente conhecida, é uma doença causada pela ausência ou diminuição da insulina (hormônio produzido pelo pâncreas), levando a um aumento da taxa de açúcar (glicose) no sangue.

Existem dois tipos de diabetes, o tipo 1 ou juvenil e o tipo 2. O primeiro é mais frequente em crianças e jovens e precisa de insulina para controle, além de uma dieta adequada e exercícios físicos. O segundo ocorre mais em adultos, é mais frequente e geralmente consegue ser controlado com dieta, exercícios físicos, além de remédios antidiabéticos orais ou insulina.

Os principais sintomas de desenvolvimento da diabetes, são muita fome, urina em excesso, perda de peso, sede intensa, tontura e desânimo, fraqueza e sonolência. 

O diagnóstico é feito através de exames que verificam a presença de açúcar na urina ou medem a quantidade de açúcar no sangue. No caso do sangue, a taxa normal de glicose varia entre 80 mg/dl e 120 mg/dl; já a urina não deve apresentar eliminação de glicose.

Como é uma doença que não tem cura, é preciso seguir o tratamento com bastante atenção e rigorosidade. A falta de um tratamento correto pode levar à cegueira, paralisia dos rins, impotência, derrame cerebral, abortos, problemas de coração e problemas nas pernas e nos pés, levando até uma possível amputação.

Saiba mais sobre a diabetes neste folder do Ministério da Saúde.  E sobre pressão alta neste outro documento também do Ministério da Saúde.