Perigo na represa

O nosso correspodente jovem Jhonatan, de 11 anos, está internado no Hospital do Grajaú e contou para o Geral na Saúde a sua história.

Eu sou Jhonathan, mais conhecido como Nino, tenho onze anos, gosto de jogar bola também gosto de soltar pipa.

Eu moro no Grajaú e gosto muito de lá. Lá perto tem uma represa e quando o calor chegava uma parte dessa represa secava e todo mundo ia brinca nessa parte seca, mas minha mãe não deixava eu ir lá. Um dia eu nem liguei para o que ela falou – fui até lá soltar pipa eu vi uma pipa voando e essa pipa caiu na represa e eu entrei dentro da represa. Lá dentro tinha uma madeira com prego e essa madeira bateu na minha perna.

Minha mãe me levou no hospital e eu fiquei internado. Entrou muita sujeira na ferida e eu quase perdi minha perna. Meu coração batia por causa de remédios, mas hoje eu estou bem. Ainda estou no Hospital, mas estou bem. Conheci muitas pessoas legais que me ajudaram, e foi assim a minha história.

 

As represas são lugares bonitos mas também têm muitos perigos! Além de poder se machucar como aconteceu com o Jhonatan, existe o risco de afogamento. Tome cuidado e só nade com a supervisão e a autorização de um adulto!

Afogamento é a segunda maior causa de morte por acidente entre crianças e adolescentes até 14 anos (ANDI)