Luxação congênita e escoliose

A Conceição, mãe da Tauana de 9 anos, contou para gente como foi a descoberta da luxação congênita e como tem sido o tratamento de sua filha.

IMG_20150730_192752864

Quando a Tauana tinha 6 meses, ela não conseguia apoiar bem os pés, os joelhos não aguentavam o peso do corpo. A levamos ao médico, mas ele disse que era normal, porque ela era um bebê gordinho. Continuamos achando que tinha algo errado e fomos em outro médico, que finalmente fez os exames e descobriram que ela tinha luxação congênita e escoliose. A Santa Casa de Santo Amaro encaminhou-a para o Hospital São Paulo, que a encaminhou para o Hospital das Clínicas, onde havia uma fila de espera de 2 anos e por isso foi encaminhada para a Santa Casa e rapidamente foi feita a cirurgia.

A primeira cirurgia foi feita quando Tauana tinha apenas 8 meses. Ela precisou ficar engessada do peito até os pés. Ainda assim o osso não se reestruturou. Tentaram, então, usar um aparelho, mas mesmo assim não adiantou. Fizeram a segunda cirurgia quando ela tinha 2 anos, primeiro do lado esquerdo e depois de 7 meses do lado direito. Ela começou a andar com 4 anos. Vivia mais aqui na Santa Casa do que em casa! Colocavam pesinhos na perna dela para ver se sarava da cirurgia.  Em 2010, quando tinha 5 anos fez a última cirurgia, quando fizeram um salto para encaixar o fêmur. Desde então ela estava muito bem!

No entanto, há 2 meses ela começou a sentir dor e descobriram que tem 2 fios soltos e por isso fará uma nova cirurgia.

 

Conceição contou que não tem muita preocupação com Tauana, pois ela é uma menina muito boazinha e ótima aluna! Ela estava indo tão bem na escola que a professora queria passá-la para a quinta série no meio do ano.

Tauana também conversou com a gente sobre sua cirurgia e sobre as coisas que gosta de fazer e o que quer ser no futuro:

“Eu gosto de matemática e geografia. Gosto muito de cantar e gostaria de ser cantora de sertanejo. Minha música preferida se chama “Zaqueu”. Gosto de ir à igreja, de cantar lá e principalmente de ouvir as palavras do pastor.”

Ela também disse que gosta de desenhar e de pintar. Fazia aulas de dança e Taekwondo na escola, mas por enquanto o médico suspendeu a prática de todos os esportes, inclusive natação.

Tauana fez um desenho para nos explicar o que vai acontecer com ela:

IMG_20150803_154845115

O médico vai dar uma anestesia com o soro para eu dormir. E o fio (da perna) o médico vai tirar. E ele tá com a maleta para colocar os acessórios para fazer a cirurgia.

A Tauana fez um outro desenho em que demonstra o que é importante para ela e o que lhe dá força neste momento de dificuldade:

IMG_20150803_155934887

Nós do Geral na Saúde agradecemos a participação da Conceição e da Tauana e estamos torcendo para que ela se recupere logo da cirurgia!