Como evitar e combater o colesterol alto?

Como evitar e combater o colesterol alto

O colesterol se trata de uma substância que se assemelha das gorduras que se locomovem pelo sangue, sintetizado especialmente pelo fígado por meio das gorduras consumidas. O colesterol quanto mais acumulado nos vasos sanguíneos, se instala em maior quantidade nas paredes das artérias, levando gradualmente o assoreamento da locomoção do sangue.

Há dois tipos de colesterol, o benéfico; HDL, e o nocivo; LDL, que são essenciais para o nosso organismo, porém, é necessário ter o controle. O LDL auxilia no funcionamento das gorduras no organismo, colaborando com a sintetização de certos hormônios e vitamina D, entretanto, caso identificado em excesso, pode levar a concentração doa gordura nas paredes das artérias, o que leva ao chamado colesterol alto e acarreta problemas graves de saúde.

A genética e diabetes também pode auxiliar na elevação do colesterol, evidenciando a relevância de visitas e exames médicos regulares. Saiba mais sobre o colesterol alto:

Quais são os sintomas do colesterol alto?

A hipercolesterolemia se trata de uma doença silenciosa, não apresentando sintomas característicos e de fácil percepção. Com isso, é relevante fazer exames regulares para realizar a medição dos níveis de colesterol. É necessário também que haja uma alteração do cotidiano, começando uma alimentação saudável e equilibrada, a prática de exercícios físicos e aeróbicos regulares, combinada ao corte de hábitos como o tabagismo e a perda de peso se recomendada.

Quais são as causas do colesterol alto?

O colesterol pode ser causado por diversos fatores, além daqueles que colaboram para a elevação de sua taxa. Podem ser levadas em conta as condições genéticas, a faixa etária e a influencia do diabetes podem fazer com que haja o crescimento das chances da incidência do colesterol alto.

Complicações do colesterol alto

O colesterol alto pode levar uma série de demais complicações, entre elas estão a angina, o infarto do miocárdio; motivado pela carência de irrigação do sangue no coração, e o AVC; que possui ocorrência semelhante ao infarto do miocárdio, porém no cérebro.

É recomendado que, além da conservação de um estilo de vida mais saudável, que haja a manutenção das visitas regulares ao consultório médico, visando realizar a avaliação e a análise situacional, descobrindo se há a necessidade de realizar o acompanhamento por exames. Quando identificado em alto nível, em alguns casos, se faz preciso a prescrição de medicamentos associados a alteração do estilo de vida.

Como realizar a ação preventiva e a redução do colesterol?

As oscilações da taxa de colesterol se devem ao estado da alimentação. Certas medidas simples são capazes de auxiliar no controle do colesterol. A redução do uso do óleo, da ingestão de alimentos com alta concentração de gordura, o consumo de frituras e alimentos com alto nível de colesterol. Entre os alimentos a serem evitados estão o ovo, leite e derivados, frios e embutidos, bacon, camarão e miúdos.

O consumo de fibras, concentrados nos cereais integrais, frutas e vegetais colaboram com a diminuição do colesterol ruim, o LDL. Para que haja um melhor controle dos níveis de colesterol e a reeducação alimentar devida, consulte com um nutricionista e veja quais são os alimentos e as combinações ideais para a reversão e a prevenção dessa problemática.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *