Desafio Geral na Saúde: Escola x Bebê

Bebê x Escola Pregnant woman

Não é difícil imaginar como é duro ficar grávida sendo adolescente e ainda frequentando a escola.  Isso é mais comum do que se pode imaginar. Para se ter uma ideia, só no período entre 2001 e 2003, nasceram no Brasil 82.834 bebês cujas mães tinham entre 10 e 14 anos. Outros dois milhões são filhos de jovens entre 15 e 19, de acordo com pesquisas do Ministério da saúde.

Assumir a responsabilidade de cuidar de uma criança requer tempo, dedicação e conhecimento. Por isso muitas adolescentes que engravidam em idade escolar acabam abrindo mão da escola (dados preliminares da Unesco mostram que 25% das meninas entre 15 e 17 anos que deixam a escola o fazem por causa da gravidez, mostrando que a maternidade antecipada já é a principal causa de evasão escolar de meninas nesta faixa etária). Elas acreditam que assim podem cuidar melhor dos seus bebês. Algumas largam a escola antes mesmo do nascimento do bebê, pois se sentem envergonhadas diante dos colegas. Porém, muitas se arrependem de não terem concluído os estudos e portanto não conseguem construir uma carreira profissional.

Para que tenham a chance de garantir seu futuro profissional e assim poder dar melhores condições aos seus filhos é muito importante que essas meninas não desistam da escola.

Para conscientizar as pessoas sobre a existência do problema e da situação das meninas grávidas na Zona Sul de São Paulo, o Geral na Saúde propõe um desafio: Entrevistar as jovens mães do seu bairro ou escola, e levantar as informações abaixo, para que, ao responder a entrevista elas reflitam sobre sua realidade e possam melhorar suas condições de vida!

E aí? Quem aceita o desafio?

Desafio Geral na Saúde: Bebê x Escola

1. Encontrar no seu bairro/escola meninas em idade escolar que engravidaram.

a)     Quem abandonou escola pela gravidez?

b)    Pretende voltar? Como vai fazer para voltar?

c)    Quem não abandonou, qual é o aprendizado?

2. É importante perguntar:

a)     Se a menina fez/ está fazendo o pré-natal.

b)    Se está ou não se preparando para o aleitamento.

Sem esquecer de anotar o nome, idade da menina, idade do bebê (se já tiver nascido) ou tempo de gestação (se ela ainda estiver grávida), série escolar, nome da Escola, bairro e data da entrevista.